11292020Dom
Last updateSex, 27 Nov 2020 2pm
>>

Impressão 3D, Inovação, e Resiliência da Cadeia de Fornecimento Mais Importante do que Nunca, Digamos Decisores de Fabrico

HP Digital Manufacturing Trends Report Final WW InfographicNa sua Cimeira Global de Inovação, a HP e membros da sua comunidade mundial de parceiros e clientes, juntamente com especialistas da indústria, mostraram o poder da produção digital para transformar as indústrias. O evento teve por base um novo estudo da HP, que apresentou conhecimentos sobre tecnologias e tendências de fabrico digital, tais como a impressão industrial em 3D. Como líder que impulsiona esta transformação digital, a Cimeira da HP incluiu discussões com executivos da Additive Integrity, Decathlon, Forecast3D, IDC, Nissan, SOLIZE Products, o Fórum Económico Mundial, e muito mais.

Levantando milhares de executivos de produção em todo o mundo, o Digital Manufacturing Trend Report da HP constata que as empresas estão cada vez mais a investir em soluções avançadas de impressão 3D que proporcionam a agilidade, velocidade e flexibilidade necessárias para fazer crescer os seus negócios e tornar-se mais resistentes num ambiente em constante mudança.
Uma das principais percepções da indústria de produção global é que, independentemente do sector ou localização, as empresas estão a procurar a produção aditiva (AM) para fortalecer as suas cadeias de fornecimento, tornar-se mais ágeis, e criar estratégias mais inovadoras de desenvolvimento de produtos e de produção. Isto é sublinhado por um investimento crescente em AM, apoio à impressão AM como uma alternativa viável ao fabrico tradicional, e um maior desejo de uma colaboração mais estreita no ecossistema para impulsionar a adopção.
Os decisores de fabrico também vêem oportunidades de inovação acelerada, reconhecendo que a AM é singularmente adequada para a personalização em massa de novos produtos, e também reduzindo o desperdício e promovendo uma economia mais sustentável.
"O sector global de fabrico está claramente a sinalizar um desejo de maior resiliência da cadeia de fornecimento, maior flexibilidade de fabrico, maior velocidade de inovação, e maior sustentabilidade ambiental", disse Ramon Pastor, Director Geral da HP 3D Printing & Digital Manufacturing. "E estão a ver a impressão industrial 3D como uma forma de não só baixar os custos e ir mais depressa para o mercado, mas também como uma vantagem competitiva única que acelera a inovação para os clientes".
Os Destaques do Relatório de Tendências de Fabrico Digital da HP incluem:
As Tecnologias Digitais de Fabrico estão a estimular o avanço económico e a agilidade
99% dos inquiridos a nível mundial acreditam que as tecnologias de fabrico digital podem levar ao crescimento económico.
89% dos inquiridos procuram desenvolver os seus modelos de negócio devido ao actual ambiente empresarial mundial.
Nos próximos 12 meses, 71% planeiam investir em tecnologias de fabrico digital, e mais de quatro em cinco inquiridos (85%) indicaram que a sua empresa planeia aumentar o seu investimento no fabrico de aditivos.
Três quartos dos inquiridos disseram que a AM ajuda a sua empresa a ser mais ágil, é uma alternativa viável ao fabrico tradicional, e um apoio ao fabrico tradicional.
Mais de nove em cada dez inquiridos disseram que estão a investigar novos modelos de produção/cadeia de fornecimento, com 59% a avaliar modelos híbridos e 52% a estudar a produção localizada.
O benefício mais citado pelos inquiridos que utilizam AM é a maior capacidade de inovação.
As principais novas áreas de inovação que as empresas estão a investigar incluem a personalização em massa de produtos directos ao consumidor, produção a pedido, e armazenamento digital/estoque virtual.
Em particular, 91% dos inquiridos querem explorar a inovação que a personalização em massa proporciona e acreditam que poderia ser aplicável ao seu negócio se as peças pudessem ser personalizadas através do fabrico de aditivos.
As indústrias médica, industrial e automóvel foram apontadas como as mais maduras para a inovação em AM ao longo dos próximos cinco anos.
Abrir Novas Oportunidades de Colaboração
85% dos inquiridos indicaram que a colaboração entre sectores para abraçar as novas tecnologias de fabrico digital é importante.
81% indicaram que a sua empresa tem planos futuros de colaborar com entidades governamentais em produtos de fabrico digital.
A principal barreira à entrada na entrada AM para os inquiridos é encontrar uma mão-de-obra qualificada.
Para colmatar esta lacuna de competências, 64% querem oferecer mais serviços de formação profissional, e 53% querem que empresas, governos, instituições, e cidadãos trabalhem em conjunto para fazer investimentos em programas educativos e de qualificação profissional.
As principais formas de a AM poder reduzir o desperdício e promover uma economia circular são a redução da quantidade de materiais utilizados e uma melhor adequação entre a oferta e a procura, seguida da redução e simplificação das cadeias de fornecimento tradicionais e da melhoria das opções de serviços que podem prolongar a vida útil dos produtos.
90% dos inquiridos afirmaram que a reciclabilidade dos pós e peças de AM é importante.
88% dos inquiridos acreditam que é importante que os governos criem um ecossistema sustentável, incentivando o investimento e o desenvolvimento de tecnologias de fabrico digital social e ambientalmente benéficas.
www.hp.com

 

comments

Related articles

  • Latest Post

  • Most Read

  • Twitter

Who's Online

Temos 3956 visitantes e Um membro online

We use cookies on our website. Some of them are essential for the operation of the site, while others help us to improve this site and the user experience (tracking cookies). You can decide for yourself whether you want to allow cookies or not. Please note that if you reject them, you may not be able to use all the functionalities of the site.